top of page

CADEIRA 41: Edson Porto

Cadeira 41 - DR. EDSON PORTO


(1931-2018)

Mineiro de Araguari, formado pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, após breve passagem por Goiânia, chegou a Brasília por convite do então presidente Juscelino Kubitschek.

Como primeiro médico a se instalar em Brasília, a partir de 4 de dezembro de 1956,  atuou em atividade assistencial em um postinho de saúde feito de madeira localizado em um acampamento de construção civil. Trabalhou principalmente como pediatra.  Ingressou como violinista, na Orquestra Sinfônica de Brasília.

Inaugurado o primeiro hospital no Distrito Federal o hospital Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Industriários (IAPI) tornou-se seu diretor. Posteriormente, a instituição foi denominada Hospital Juscelino Kubitschek de Oliveira e funcionou até 1974, onde hoje funciona o Museu Vivo da Memória Candanga.

Mais tarde, assumiu a direção do Hospital Regional da Asa Sul (HRAS),  atual Hospital Materno-Infantil. Aposentou-se aos 60 anos de idade.

Faleceu aos 86 anos de idade, em 18 de setembro de 2018. Declarou seu filho Mauro Porto que Dr. Edson Porto foi sempre um exemplo de dedicação e competência que sempre guiará seus passos. Afirmou que o pai sempre fez tudo com bom humor e leveza, atendendo a todos com amor. Sua história de vida, a superação e a maneira de enxergar coisas e pessoas são suas melhores marcas. “É o jeito Edson de ser, como sempre bricamos. Nunca esqueceremos seus exemplos”.

(Fonte: Débora Fortuna, Correio Braziliense, 18-9-2018)

CADEIRA 41: Edson Porto
bottom of page