top of page

CADEIRA 17: Procópio Miguel dos Santos

Patrono: Hilton Rocha


Copatrono: Leopoldo Pacini Neto (passou a Emérito em 14/09/2009)


Ocupante atual: Procópio Miguel dos Santos


Curriculo:

Nasceu em 21 de janeiro de 1952, em Goiânia-GO. Filho de Miguel Inácio dos Santos e Dorcelina Maria dos Santos.

Graduou-se em Medicina, pela Universidade Federal do Pará, em 1977. Estagiou na Universidade Federal de São Paulo no período de 1989 a 1993; foi aluno do The Basic Science Course in Ophthalmology na Stanford University School of Medicine, USA, em 1991 e obteve o título de proficiência em microbiologia ocular e imunologia na University of California, San Francisco, USA, ainda em 1991; foi Visiting Fellow no Bascom Palmer Eye Institute, University of Miami School of Medicina, USA, em 1995.

Fez residência médica na área de oftalmologia do Hospital de Base do DF (1978-1980) e cursos de especialização em doenças externas oculares, glaucoma, uveíte, retinopatias e ultrassonografia ocular, todos na Universidade Federal de São Paulo, Unifesp (1989-1993). Em pós-graduações de senso estrito, fez mestrado em oftalmologia, na Universidade Federal de São Paulo (1993) e doutorado em medicina pelo Programa de Doutorado Sanduíche da Universidade do Sul da California, Los Angeles, USA e Unifesp (1993-1996).

Em suas atividades profissionais, foi médico da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, SES-DF, de 1983 a 2016.

Atua como docente do Curso de Medicina do Centro Universitário Euro-Americano, Unieuro, desde 2019 e como docente da Escola Superior de Ciências da Saúde, ESCS, de 2004 a 2016. É professor do Núcleo Docente Estruturante, Curso de Medicina do Centro Universitário Euro-Americano, de 2016 até a presente data; foi professor orientador e pesquisador da pós-graduação da Faculdade de Ciências da Saúde-UnB, de 1996 a 2010. Exerceu preceptoria de residência médica em oftalmologia no Hospital de Base, de 1989 a 2016. Sua consultoria mais relevante (1995-2000) ocorreu junto à Comissão Técnica da Anvisa para aprovação de medicamentos correlatos em oftalmologia para uso no Brasil.

Entre seus cargos e suas funções hierárquicas, atuou como Chefe do Setor de Doenças Externas do Hospital de Base do DF (1995 a 2001); Coordenador da residência médica em oftalmologia do Hospital de Base pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (1996-2018); Presidente da Sociedade Brasiliense de Oftalmologia na gestão 2006-2008.

Suas pesquisas mais relevantes foram: Hanseníase Ocular (Microbiota Fúngica Ocular) e sobre a primeira quinolona para uso ocular.

Participou das seguintes bancas examinadoras de doutorado: Estudo Comparativo Entre Retinografia e Tomografia de Coerência Óptica na Detecção do Edema Macular Diabético (2008); Eletrovisuograma

Axonal: Padronização, Indicação e Interpretação (2009); Efeitos do Debilitamento dos Músculos Oblíquos na Correção Cirúrgica da Esotropia (2016).

Fez as palestras: Antimicrobials and Emerging Resistance Steroids for Keratitisnce, no World Ophyhalmology Congress (2006); Doença de Hansen: Sensibilidade Corneana, no World Ophyhalmology Congress (2006); Módulo Córnea e Doenças Externas Oculares: Tratamento da Ceratoconjuntivite Epidêmica, no VIII Congresso Centro-Oeste de Oftalmologia (2007).

Apresentou as conferências: Relação Entre Orientado e Orientador, no XVIII Congresso Brasileiro de Prevenção da Cegueira e Reabilitação Visual (2008); Controvérsias em Refratometria, no XX Congresso Brasileiro de Prevenção da Cegueira e Reabilitação Visual (2012).

Atuou como conselheiro corregedor do Conselho Regional de Medicina do DF no período de 2010 a 2014; membro da Diretoria como Primeiro Secretário do Conselho Regional de Medicina do DF, de 2018 até a presente data. Integrou a American Academy of Ophthalmology de 1993 a 2000, e é membro do Conselho Editorial Nacional dos Arquivos Brasileiros de Oftalmologia desde 1996.

Autor dos seguintes capítulos de livros: Conjuntiva, Ed. Roca, 1995; Princípios Básicos do Diagnóstico das Infecções Oculares, Ed Roca, 1995. Organização e Estrutura de um Banco de Tecidos Oculares, Ed. Cultura Médica, 2007; Vias Lacrimais, Editora TecMed, 2007; Cistos de Córnea, Ed. Cultura Médica, 2013.

Dentre seus artigos publicados, listam-se: Corneal Endothelial Cell Damage by Silastic Tubo Contact, Annales of Ophthalmology, 1995; Perfil Morfofuncional de Pacientes com Retinopatia Diabética sem Baixa Acuidade Visual Severa em Hospital Público de Referência em Diabetes no Brasil, Revista Brasileira de Oftalmologia, 2010; Profile of Pediatric Eye Trauma at Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF), Brasília, Brazil, Revista da Associação Médica Brasileira, 2016.

Recebeu elogio oficial pela chefia da Unidade de Oftalmologia do Hospital de Base do Distrito Federal (1997); prêmio de melhor trabalho da Região Centro-Oeste no XXXIII Congresso Brasileiro de Oftalmologia (2005); recebeu homenagem do Congresso Brasileiro de Oftalmologia (2007); recebeu também os prêmios de melhor trabalho da Região Centro-Oeste pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (2009).

Como realizações especiais dignas de nota destacam-se a criação do Laboratório de Microbiologia Ocular do Hospital de Base do DF (1995) que funcionou até 2001; criação do Centro Estudos de Oftalmologia do Hospital de Base (1995); participação no credenciamento da residência médica em oftalmologia do Hospital de Base do DF pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (1996); a Fundação da Sociedade Centro-Oeste de Oftalmologia (2006).

Considera suas melhores realizações profissionais ter exercido a docência no Curso de Medicina da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, ESCS (2004-2016); e ter participado da estruturação do Projeto Pedagógico do Curso de Medicina recém-aberto do Centro Universitário Euro-Americano, Unieuro, (2018).

O caso que mais o impressionou entre seus doentes foi ter devolvido a visão a um paciente após realizar cirurgia de catarata em seus olhos. O que mais o incentivou a ser médico foi o interesse em ajudar as pessoas.

CADEIRA 17: Procópio Miguel dos Santos
bottom of page