top of page

CADEIRA 23: Simônides da Silva Bacelar

Patrono: Virgílio Alves de Carvalho Pinto


1º Ocupante: Paulo Juvêncio Gomes Tubino (se desligou em 2011)


Ocupante atual: Simônides da Silva Bacelar


Currículo:

Natural de Jequié-BA, nascimento em 1.o de janeiro de 1948. Filho de Segismundo Marques Bacelar e Eronildes da Silva Bacelar. Graduação pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia, UFBA (1973); residência médica em cirurgia geral no Hospital Edgar Santos, da UFBA, em 1974; residência médica em Cirurgia Pediátrica no Hospital de Base do DF (1975-1976); pós-graduação lato senso em Docência do Ensino Superior, em 2010, pela Faculdade de Tecnologia Equipe Darwin, Taguatinga, DF, certificado expedido nos termos da Resolução n.o 1 de 8 de junho de 2008, art. 1.o e parágrafos, do Ministério da Educação.

Cirurgião-Pediatra do Hospital de Base do DF (1977-1915). cirurgião geral do Hospital Universitário de Brasília, UnB (1982-1986); cirurgião-pediatra do Hospital Universitário de Brasília (1987-1919).

Médico Perito do Inamps (1980-1982); médico auditor da Unimed-DF (1994-1995); atuação no Núcleo de Sindicância e Processo Administrativo, Hospital de Base do DF (2012-2014) e Secretaria de Estado de Saúde do DF (2015); Coordenador do Comitê de Ética em Pesquisa, Faciplac (2011-2016); conselheiro do Conselho Regional de Medicina do DF (2003-2008); foi membro da Comissão da Iniciação Científica – Faciplac-Uniplac; editor e fundador da Revista Médica da Fameplac, em novembro de 2006, que passou ao título de Revista de Medicina e Pesquisa, ISSN 2176-4212 a partir de janeiro de 2010, do curso de Medicina da União Educacional do Planalto Central; participou do programa Projeto Rondon com atuação em equipe na cidade de Itauçu-GO em 1971; foi funcionário público da Secretaria de Saúde da Bahia, Departamento de Assistência Materno-Infantil, após aprovação em concurso (1970-1973).

Fez parte de várias bancas de avaliação destinadas a admissão de médicos residentes de cirurgia pediátrica do Hospital Universitário de Brasília.

Autor do artigo Expressões Médicas: Falhas e Acertos, publicado na Revista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, 2003.

Professor voluntário Cirurgia Pediátrica, Universidade de Brasília, (1997) Docente instrutor em cirurgia pediátrica, Hospital Universitário de Brasília, Universidade de Brasília (1998-2018).

Professor titular em Medicina Baseada em Evidências e Metodologia de Pesquisa, Faciplac (2010-2015); professor titular de Bioética, Faciplac (2004-2016); professor da disciplina Integração Comunitária, Faciplac (2013-2016); professor de Bioestatística, Faciplac (1916); professor convidado, área de Comunicação, Terminologia Médica (2009-2016).

Participou, como instrutor, do curso de extensão do Programa de Cirurgia Experimental da Faculdade de Medicina da UnB no período de 6 de abril a 6 de julho de 2000.

Recebeu diploma de Professor Voluntário da Universidade de Brasília, conferido pela Reitoria dessa Instituição em reconhecimento a serviços prestados desde 1980 em atividades como docente no Hospital Universitário da Universidade de Brasília, em 13 de novembro de 2002.

Preceptor de médicos residentes do Centro de Pediatria Cirúrgica do Hospital Universitário de Brasília, Universidade de Brasília (UnB) em 2007.

Ministrou aulas semanais sobre terminologia médica, nas reuniões da Unidade de Cirurgia Pediátrica do Hospital Universitário da UnB, no período de 1997 a 2002.

Coordenador do Comitê de Ética em Pesquisa – Uniplac.

Editor associado e revisor de redação médica científica – revista Brasília Médica – AMBr, desde 2002; membro da Comissão de Ética Médica do Hospital Universitário de Brasília, UnB, (2004-2017); membro da Comissão de Prontuário Médico do Hospital Universitário de Brasília (2004-2015);

membro do Conselho Editorial da revista Bioética, CFM; membro da Comissão de Reformulação do Código de Ética Médica, CFM (2008-2018); membro da Câmara Técnica de Terminologia Médica, CFM.

Autor dos livros Primeiras Poesias (1959), Expressões Médicas Errôneas (2005), Expressões Médicas: Glossário de Dificuldades em Terminologia Médica, CFM (1918); autor responsável pelos livros: Prontuário Médico do Paciente (CRMDF-2006) e Guia Prático Sobre Atestados Médicos (CRMDF-2007); membro da Comissão Editorial e revisor redacional da Ética Revista, CRMDF, 2003-2008 e 2013-2018; colunista em terminologia médica do Boletim do Colégio Brasileiro de Radiologia desde 2009; colunista de Questões de Linguagem Médica, da Revista Paraense de Medicina (2008-2015); colunista da Ética Revista em artigos sobre arte em medicina (2003-2008 e 2013-2018); colunista em artigos de arte e medicina da revista Médico em Dia da Associação Médica de Brasília desde 2013; colunista da revista Médico em Dia da AMBr em Vocabulário Médico desde 2018.

Dentre os artigos elaborados como colaborador e apresentados em eventos científicos cita: XIX Jornada de Pediatria de Brasília, 1998: Hemangiomas: Experiência do Centro de Clínicas de Pediatria Cirúrgica, Hospital Universitário de Brasília, UnB; Retratilidade Prepucial em 400 Crianças, classificado em 1.o lugar; Difalia e Pseudodifalia: Relato de Caso; Tuberculose Renal na Infância: Relato de Dois Casos. Participou do 22.o Encontro de Ex-Residentes de Cirurgia Pediátrica do Hospital Jesus e do Encontro dos Ex-Residentes de Cirurgia Pediátrica do Hospital Universitário da UnB, realizado em Brasília, 2000, como palestrante sobre o tema Terminologia Médica. Participou da V Jornada Científica do Hospital Universitário de Brasília, como autor do trabalho Interesse de Acadêmicos de Medicina em Gramática e em Linguagem Culta, cujo relatório foi apresentado em pôster, em 2002, premiado como terceiro lugar.

Recebeu elogio oficial da chefia do Departamento de Pediatria da UnB por participação nas atividades práticas desenvolvidas pela pediatria cirúrgica do Hospital Universitário da UnB em que se declara: “Nos últimos anos, sua inestimável colaboração tem sido de grande importância para o êxito de nossa disciplina”, em 1999; recebeu ofício de elogio por escrito do Presidente da Coreme do Hospital de Base do DF, nos seguintes termos: “Agradeço em nome da Coreme sua gentileza em proferir a aula sobre Prontuário Médico no último dia 11 de março de 2003. São profissionais como o senhor que mantêm a chama do academicismo acesa nesta instituição”.

Recebeu agradecimento oficial da Coreme e da DAEP do HUB por “gesto de compreensão, responsabilidade e colaboração no Concurso de Seleção e Admissão aos Programas de Residência Médica do HUB”, em 2000.

Nomeado revisor da revista A Pele, periódico científico bimensal da Fundação Nacional do Câncer de Pele, Brasil, a partir do vol. 18, ano IV, 2002.

Menciona que o caso que mais o impressionou em sua vida profissional é relativo a uma menina de seis anos vítima de ferida por arma de fogo com transfixação cardíaca pelo projétil da arma. A criança quis defender seu pai ao permanecer à sua frente diante do criminoso que invadiu sua casa durante uma festinha no dia das mães. Chegou ao hospital em quadro de choque hipovolêmico. Feita toracotomia exploratória com atuação adjunta de um cirurgião cardiovascular, conseguiu-se reter a perda sanguínea por meio de rápida sutura das duas perfurações. A bala permaneceu na região posterior do mediastino, atrás do coração. A criança se recuperou após uma semana de cuidados pós-operatório e teve alta sem intercorrências.

Menciona que o pai era médico e isso muito o influenciou a se dedicar à medicina. Acrescenta que, em sua família, há vários médicos entre primos e tios, e conta também com uma irmã médica.

CADEIRA 23: Simônides da Silva Bacelar
bottom of page